Deixe seu recado
+5511-3582-4187

arquitetura da informação – para leigos

saleiro e pimenteiro _ abraço _ anjo&diabo

o que você achou destes conjuntos de sal e pimenta? lindinhos? práticos? estilosos? cumprem a função?

e que tal este estádio, parece com o que você conhece? aquele do jogo do domingo…

_ ninho, pequim

esta casa… já sei: é a sua casa de campo!

_ casa, Mathias Klotz

são formas diferentes de coisas que a gente já conhece, um saleiro e um pimenteiro, um estádio e uma casa… correto?

tanto o design quanto o arquiteto sabem fazer uma coisa muito bem: planejar e nos fazer ficar de queixo caído! ao menos os bons. e sabe o que mais? ambos tem um foco único: pessoas. estes “objetos” mexem com nossas sensações sem comprometerem a eficiência a qual se destinam. tudo bem que há exceções, sempre há. 🙂

e o que o arquiteto da informação tem a ver com isso? tudo! ele também vai fazer um projeto e planejar para deixar a gente de boca aberta, mas a “coisa” com a qual ele trabalha é a informação, é o conteúdo. são textos, imagens e até mesmo a filosofia da empresa, sua missão e valores e suas estratégias de marketing. como agrupar e exibir todo este repertório em um website sem perder qualquer nuance e ainda, de quebra, mexer com nosso coração, é a tarefa do arquiteto de informação.

Arquitetura da Informação:

“A arte e a ciência de estruturar, organizar e classificar a informação para que o usuário possa encontrar e utilizar essa informação.”
Lou Rosenfeld, Information Architecture for the World Wide Web.
(do site: mercedes sanches)

bacana a definição, não é? quando não há arquitetura da informação, os links de uma página acabam escondendo os conteúdos e não estabelecendo uma relação entre eles e os usuários. quantas vezes você já não perdeu um tempão tentando achar alguma coisa em um site? pense em alguns produtos e veja se conseguiria saber onde estão em cada uma destas grandes lojas.

casas_bahia

magazine_luiza

ponto_frio

em caso positivo, já sabe que tem arquitetura da informação nestes projetos!

mesmo que o seu site seja pequeno, pense bastante na organização do conteúdo, como se fosse um grande projeto. pense no seu objetivo primário com o site, verifique se as palavras que você está usando são as mais adequadas ao perfil do seu público, veja se a organização de cada link é de fato a mais simples para se encontrar qualquer coisa.

e não custa nada fazer um teste para ver se está tudo em ordem depois!! mas isso já é tema para um outra hora!

bjs,
ana laura