Deixe seu recado
+5511-3582-4187

Cidadanias e Redes Digitais #3

[continuação]

– sobrevivência de uma tecnologia:

• Graham Bell [na verdade Antonio Meucci] inventa o telefone [o inventor morre e a tecnologia permanece]

• Western Union critica violentamenta o telefone

[coleção de frases: “Esse tal de telefone tem muitas deficiências, para ser considerado seriamente como um meio de comunicação. O aparelho não tem nenhum valor que nos seja inerente.” (Memorando interno da Western Union, em 1876)]

[aqui é legal, pois a empresa de Graham Bell, em 1879, compra a WU… tá na wikipedia…]

– as novas tecnologias nascem às sombras das grandes empresas

– thomas edison e a indústria cinematográfica:
• cartel da indústria do cinema
• filmes duram 10 minutos
• atores não tem crédito
• tudo o que pode ser remotamente perigoso é banido [isso vale para qualquer coisa e lugar !! ]

[mais coisas sobre isso: wikipedia, suas invenções, aqui uma versão legal, o site sumiu, só tem o cache do google]

– as consequências do império da informação

– monopólio da comunicação [hitler que o diga…]

– o governo pode ser comparado às grandes indústrias…

– quem desafiou o cinema de 10 minutos?
fox | paramount | warner | universal

– quebra constante do império da informação

– paralelo com a neutralidade

– nos anos 20 os broadcastings eram das rádios:
• baixo custo
• só para conversar
• discurso + familiar, + íntimo (no caso dos políticos)
• não haveria gritaria, todos seriam razoáveis [uma alusão do efeito do uso do microfone: não é necessário gritar]
• a humanidade ficaria mais inteligente [mais gente ouvindo, mais comunicação = mais inteligência… a gente sempre acha isso…]

– logo após este período, o rádio foi dominado por algumas indústrias
[isto reforça a idéia de: invenção > fundamentação > abertura > dominação]

eu escrevo + sobre isso amanhã!

bjs,
ana laura

ps – para saber mais sobre cinema:

*

*
aqui um paralelo do que acontecia no rádio no brasil