Deixe seu recado
+5511-3582-4187

Escrevendo para a web

mulher pensando em frente ao computador

Bem, como eu adoro o tema, este artigo veio bem a calhar…

Tradução do artigo da carsonified, rob mills.

Escrevendo para a Web.

Escrever para a web é um desafio. Existe o problema comum de restrição ao comprimento das palavras, o fato dos usuários darem uma olhada por cima antes de ler cada palavra e, ocasionalmente, diretrizes de estilos que devem ser respeitadas.

Existem dicas on-line suficientes para que você fique lendo por mais tempo do que gostaria. Aqui estão as 10 dicas que foram mais úteis para mim:

  1. Conheça o seu público

    Pode paracer óbvio, mas é melhor garntir. A única maneira de escrever de forma relevante, para o público certo e no tom correto é entendendo quem é sua audiência. Dependendo de onde seu público está, você poderá incluir expressões locais ou se estiver escrevendo para o grande público seja específico como em questões de moedas. Se forem dólares americanos, especifique desta forma. Se for Cardiff no país de Gales, diga desta forma, pois há Cardiff na Nova Zelândia e outros países.

  2. Decida: por que você quer escrever?

    Relacionado à dica anterior, assim como conhecer para quem você está escrevendo, saiba para que você está escrevendo para eles. É para que eles registrem-se em algo, perduadí-los a comprar alguma coisa, fornecer informações ou levá-los a assinarem alguma coisa?

    Sua resposta a estas questões irão determinar por que você escreve.

  3. Manchetes

    Uma manchete bem pensada e clara pode aumentar em até quatro vezes o interesse do que uma pobre. Manchetes não devem ultrapassar 7 palavras e devem ser escritas no presente.

  4. Caixa alta

    Evite usar TUDO EM CAIXA ALTA para que seu texto não fique 57% mais comprido de ser lido. Evite também que cada palavra comece com letra maiúscula em seus títulos.

  5. Escolha as palavras certas

    Certas palavras podem atrair a atenção do leitor, enquanto outras podem distraí-lo. Palavras que as pessoas gostam incluem pensativo, imaginação, progresso e ambição. Palavras menos populares incluem disputa, fracasso, fraqueza e extravagante.

    Use contrações. Isto é, use “you’re” ao invés de usar “you are” e “doesn’t” ao invés de usar “does not”. Algumas pessoas acham que as contrações empobrecem o inglês, elas dão ao texto um ar menos formal e mais descontraído que é frequentemente o tom de voz e o estilo necessários para a web.

  6. Siglas

    Evite usá-las se possível. Seria leviano assumir que todas as pessoas que visitam o seu site entenderiam o significado de qualquer acrônimo que você use. Entretanto, isto está relacionado ao conhecimento que você tem de sua audiência. A mesma regra é aplicada aos jargões, evite sempre que possível eliminando complexidades desnecessárias.

  7. Pontuação

    Minimize a pontuação o melhor que você puder. Sinais de pontuação podem ser difíceis de se discernir em telas, especialmente o ponto e vírgula, portanto tente usar vírgula e frases mais curtas.

  8. Links eficientes

    As palavras que são links tendem a sobressair ao texto comum, portanto seja relevante e motive o usuário a partir para a ação e clicar. Eu não gosto de “clique aqui”, mas se for usado, será mais eficiente se acrescido de algumas informações contextuais, por exemplo “clique aqui para solicitar um empréstimo”. Desta forma o usuário saberá exatamente para onde será direcionado.

  9. O comprimento certo

    Mantenha suas frases curtas. Se estiverem muito longas o interesse do leitor irá diminuir e sua mensagem ficará confusa. Uma regra prática é que as frases devem permanecer entre 15 a 20 palavras de comprimento. Por gentileza, não conte todas as minhas frases neste artigo, no caso de que eu tenha quebrado esta regra!

    Parágrafos devem ter no máximo 5 linhas de comprimento ou profundidade. Além disso, uma boa medida para menter-se assim é que não deve haver mais de 3 sentenças por parágrafo.

    Torne o seu texto mais digestível usando sub-seções, títulos e listas quando apropriado. Se usar listas, tente não ultrapassar 6 itens em cada uma.

  10. Revisão

    Outro ponto óbvio mas nem sempre levado em conta. Revisão e edição devem ser algo natural quando se começa a escrever. Se um usuário está concentrado em seu texto e aparece um erro é provável que imediatamente haja uma quebra de conexão entre ele e o seu site.

*

Só para lembrar… regras foram feitas também para serem quebradas!!! hahahahaha

A regra máxima é seja relevante. Se você sabe o que está fazendo, se você sabe por que está fazendo, não exite: quebre as regras! Bem, talvez, antes de sair por aí escrevendo que nem doido, seja bom conhecer as regras… se não você nem sabe se as está seguindo ou quebrando!!!

🙂

Quem gostar do tema pode ver o que tenho guardado no meu delicious!

bjs,
ana laura