Deixe seu recado
+5511-3582-4187

Início de carreira – transforme-se em marca

eu me amo

Esta é a última parte do artigo do abduzeedo.

Aqui vão as dicas finais para fechar com chave de ouro o seu portfolio de início de carreira: brand yourself, ou seja, tranforma-se em uma marca e cuide (com todo o carinho e cuidado do mundo) desta marca!

Tranforme-se em marca

Primeiro veja algumas dicas sobre marcas e branding:

• praticamente um mestrado em marca e branding, muito bacana esta apresentação (beto lima)

• o ponto de vista on-line desta história, com e-marcas / e-branding (marcelo trevisani)

• aqui uma paresentação super curtinha mas muito objetiva (no caso: objectiva) sobre ser sua marca em mídias sociais (andreia martins)

Com isso, vamos à nossas dicas mais específicas:

– crie seu logo: fundamental. você é sua marca. mesmo que não esteja pensando em abrir uma empresa, use o seu nome, mas trabalhe com uma fonte diferente, escolha cores que combinem com seu estilo e use-as sempre. replique o seu logo em toda a sua comunicação, sempre. mais dicas? smashing (em inglês), 45 dicas, dicas para desenhar um bom logotipo.

– crie seu website: este pode ser feito de várias formas, depende do seu objetivo. você pode fazer o seu site usando uma ferramenta como dreamweaver e depois publicar em uma hospedagem paga ou gratuita (aqui umas dicas para hospedar o seu site). use imagens, animações, procure criar um bom texto, aplique estilos, cores, enfim, crie seu site todo do seu gosto! uma outra opção seria usar sistemas prontos, como wordpress, joomla ou uma das opções de um dos tópicos anteriores desta série. e tem uma terceira opção, mas talvez um pouco mais específica para um trabalho de design, que são os agregadores de portfolio online, como carbonmade, zuinn, stupeflix e figdig.

obs.: tem mais uma opção, que combina um sistema pronto e customizável com a facilidade online, são os sistemas de criação e publicação gratuitos como yola, moogo, comfypage e google sites. o cuidado aqui é com o objetivo. se você quiser usar esses sistemas, cuide de customizá-los o máximo possível se o objetivo é vender serviços de criação/desenvolvimento de páginas para a web! isso pode inclusive tornar-se o seu nicho de atuação: customizações profissionais de hospedagem gratuita!

– crie seu cartão de visita: use o seu logo, suas cores… converse com uma gráfica rápida se a quantidade for pequena ou com uma gráfica grande se quiser fazer uma grande quantidade. verifique em qualquer dos casos a possibilidade de trabalhar com cortes e tamanhos especiais. use e abuse da criatividade, afinal é o seu cartão de visita! dicas de acabamento (em inglês), 70 modelos diferentes, cartões divertidos.

– reveja sua presença digital: é hora de arrumar suas comunidade no orkut, facebook, twitter, msn… veja o que você anda dizendo e tome mais cuidado. as empresas “googam” seu nome a acabam descobrindo tudo antes de decidirem te contratar ou não. pessoas físicas também fazem a mesma coisa, aliás, você deve fazer isso!

Para arrematar, aqui umas dicas para a construção de um portfolio online especificamente falando: carreira solosmashing (inglês). Algumas das dicas vão parecer repetida, mas é que devem ser reconsideradas para a execução do portfolio propriamente dito.

Agora sim, acabou a série!

Divirta-se _ e muito _ criando a sua empresa! Você irá ficar com ela por muito tempo, e espero que cheio de sucesso e prosperidade!

bjs,
ana laura

ps – jura que tem mais coisa? verdade, rapidinho: lembre-se de tempos em tempos de rever tudo isso que falamos. o mundo web anda a uma velocidade estonteante e é preciso estar atualizado! + bjs!