Deixe seu recado
+5511-3582-4187

Resultados forçados no Google

em tempos de muito estudo sobre Net Neutrality…

hoje pela manhã (ou ontem…) dia destes eu vi a mensagem no twitter: procure por mentiroso no google e veja quem aparece primeiro. (ou era algo do gênero…) a imagem que segue é o que aparece:

resultado de busca no google

discussões políticas à parte, achei o resultado muito estranho… depois me toquei que era um link para um verbete na wikipedia, ou seja, qualquer um pode ter manipulado esta informação… talvez não a informação propriamente dita, mas os metadados, os dados que geralmente são vistos apenas pelos robôs dos buscadores. bem, fato é que alguém mexeu _ e muito bem _ os metadados para que a palavra “mentiroso” estivesse ligada a tal verbete. parabéns pela esperteza e nota zero para o bom senso, o caráter e a neutralidade (e mais muitas outras atribuições que é melhor não publicar aqui no blog…).

tudo que escrevemos carrega a nossa carga de parcialidade. é muito difícil ser imparcial na redação, no geral acabamos expressando nossas opiniões, até mesmo pelo simples fato de darmos a notícia! isso significa que tal notícia “mexeu” com a gente. mas assim já é demais… é preciso lembrar que a web é um espaço público mundial (intergalático para muitos 🙂 … ).

não sei se por conta disso ou não, vejam o que saiu no blog do google:

As crenças e preferências daqueles que trabalham no Google, bem como a opinião pública geral, não determinam ou impactam os resultados da busca de nenhuma forma. Indivíduos ou grupos de interesse eventualmente solicitam que removamos alguns links específicos ou em alguns casos que ajustemos os resultados de busca. Entretanto, o Google vê a integridade dos resultados da busca como um aspecto fundamental para garantir a qualidade do seu produto e assegurar a melhor experiência para seus usuários. Do mesmo modo, não removemos uma página dos nossos resultados de busca simplesmente porque o conteúdo é impopular ou porque recebemos queixas sobre ela. Por outro lado mantémos políticas de publicação e remoção de conteúdo, as quais são públicas e aplicadas uniformemente a todas as consultas. Apenas removeremos páginas dos nossos resultados de busca se acreditarmos que uma página ou um site viola essas Políticas para Webmasters, publicada em nosso site, se acreditamos que somos obrigados pela lei ou a pedido do webmaster responsável pelo conteúdo.

Lamentamos se eventuais associações negativas presentes na Web estejam refletidas em nosso mecanismo de busca, mas agradecemos os esforços de todos que nos informam sobre esses problemas e contribuem para um aperfeiçoamento constante dos nossos produtos.

conhecidência ou não, a resposta cabe perfeitamente ao caso.

só para apimentar a história de acreditar o no “Santo Google”, no grande oráculo, vale observar algumas outras bizarrices:

busca pela palavra angelica

busca pela palavra ivete

busca pela palavra claudia leite

busca pela palavra xuxa

a rainha dos baixinhos não tem nenhuma busca mais ousada? nada sobre seu caso no twitter? nem seu nome e o de sua filha? me pareceu estranho, visto que todas as outras musas tem seu nome buscado de outras formas… aqui o caso é da fama, da figura pública que é obrigada a conviver com a sociedade, o que inclui o lado bom e o mau (além das outras 256 variações entre um e outro). também nào vou entrar em detalhes, mas é só uma pimentinha para ilustrar o quanto o grande guru pode ser parcial em seus resutados.

portanto: cuidado com o que você acha!

bjs,
ana laura