Deixe seu recado
+5511-3582-4187

Roda (muito) Viva

este foi o roda viva de segunda feira (19/10/09), com Jon “Maddog” Hall, presidente da Linux International.

primeiro um pouco sobre o evento em sim, que foi gravado na sexta feira (16/10/09), dentro da futurecom. um senhor que segundo ele mesmo, já está muito mais brando em seu espírito do que quando mais jovem, respondendo calmamente a todas as questões dos jornalistas. falou sobre questões políticas e econômicas relativas ao uso do software livre, sendo que a segunda ele considera mais relevante e influente principalmente no uso e disseminação. lembrou que as pessoas não usam linux porque não experimentam, e não experimentam porque o computador que elas compram já vem com um sistema operacional que funciona. elas não tem parâmetro para dizerem se é bom ou ruim pois nunca usaram outro. então, elas se habituam com o que “ganham” e da próxima vez vão escolher este mesmo, por costume. diz que Windos não é mais fácil, um MAC talvez. resssalta que o “ganhar” é aparente, pois eles estão pagando por isso. fala da credibilidade do software livre, reforça a diferença entre livre e gratuito, fala do desenvolvimento econômico e dos muitos modelos de negócios possíveis à partir deste tipo de licença. falou tb de educação e de cultura à partir do olhar do desenvolvimento livre e aberto.

bem, este foi um resumão, agora vamos ao outro lado: a transmissão participativa! meninas e meninos, é D+ !!!!

sexta-feira, deveria começar as 16h, mas atrasou, enfim, começou. muitos problemas na banda, gargalo de transmissão, muita gente conectada e reclamando. confesso que foi difícil no começo, muito difícil, mas valeu a pena. sabe-se lá deus quais botões a equipe técnica apertou e tudo começou a funcionar como deveria. são 3 câmeras ou melhor, 3 janelas onde você pode acompanhar o evento de pontos de vista diferentes. tem um chat rolando ao vivo na própria janela onde acontece a transmissão e ainda tem o twitter.

é super legal! muitas vezes é difícil de se concentrar, bem, talvez meu inglês consuma mais banda do cérebro dificultando o uso em outras tarefas… mas é muito bacana. opiniões diferentes, brigas, chateações, gente séria, assuntos muito sérios tb. não sei se as pessoas que participam destas coisas tem consciência de que estão numa vitrine para muita gente! e fica tudo registrado! o que a gente fala de legal e o que a gente fala de bobagem.  tirando o que você twitou, que pode ser apagado, o resto fica… e vc pode apagar só o seu, e os re-twittes? já era…

olha, recomendo para quem estiver interessado e tiver tempo, participem, ao menos uma vez.

isso é mídia social, é uma coisa diferente, interação, participação, debate. gente do Brasil inteiro estava lá, é plural. nestas horas dá para perceber o tanto que projetos de banda larga gratuitos são fundamentais. é uma possibilidade de conhecimento. é como dar a todos, indiscriminadamente, a chance de ir a uma aula. educação. é básico mesmo, não é? direito do cidadão e dever do estado, não é?

curtam o que rolou, pois esta é outra grande vantagem da mídia social: fica para a posteridade!

divirtam-se!

bjs,
ana laura

ps – a foto é da priscila alves que fez a cobertura do evento